Metodologia para condução de Due Diligence de Ativos de Tecnologia

RESUMO

O propósito principal desta metodologia é avaliar e validar a condição e o valor dos ativos tecnológicos de uma organização, garantindo que estejam em conformidade com os requisitos legais, de segurança e de desempenho. Esta metodologia é crucial durante processos de fusões e aquisições, investimentos ou auditorias internas, proporcionando uma visão clara dos riscos e oportunidades associados aos ativos tecnológicos da empresa.

Conhecimento

Para a aplicação adequada desta metodologia, é necessário ter conhecimento prévio em:

  • Infraestrutura de TI: compreensão sobre hardware, redes, data centers e sistemas de comunicação.
  • Segurança da Informação: práticas e normas de segurança, incluindo compliance e gestão de riscos.
  • Arquitetura de Software: entendimento sobre desenvolvimento, manutenção e integração de sistemas e aplicações.
  • Governança de TI: políticas, processos e frameworks como ITIL, COBIT, entre outros.
  • Regulamentações e Compliance: normas relevantes como GDPR, LGPD, SOX, HIPAA, etc.

Estrutura (Especialidades)

As principais competências e papéis necessários para a condução da metodologia incluem:

Do lado da EximiaCo:

  • Consultor de Tecnologia: especialista em avaliação de infraestrutura de TI.
  • Analista de Segurança da Informação: responsável por identificar vulnerabilidades e riscos.
  • Engenheiro de Software: avalia a qualidade e integridade dos sistemas e aplicativos.
  • Especialista em Governança de TI: garante que todas as práticas estejam alinhadas com as melhores normas e frameworks.
  • Consultor de Compliance: assegura a conformidade com regulamentações legais.
  • Project Manager: encarregado da organização e comunicação corporativa da iniciativa.

Do lado do cliente:

  • Gestor de TI: fornece acesso e informações sobre a infraestrutura tecnológica.
  • Responsável de Segurança: colabora com a equipe na identificação de riscos de segurança.
  • Equipes de Desenvolvimento e Manutenção: oferecem insights sobre o estado dos softwares e aplicações.
  • Equipe Jurídica: auxilia na verificação de conformidade com regulamentações.

Recursos necessários:

  • Documentação Completa de TI: inventários de hardware, software, políticas de segurança, e relatórios de auditoria.
  • Acesso aos Sistemas e Infraestrutura: para avaliação e testes.
  • Colaboração de Equipes Internas: disponibilidade das equipes de TI, segurança e compliance.

Método

1. Formação de um Enabling Team

Se aplicável, para desenvolvimento de capability digital no cliente.

2. Planejamento e Coleta de Dados

a. Reunião inicial para alinhamento de objetivos e escopo.

b. Coleta de documentação e inventários de TI. – CODE Framework

c. Entrevistas com stakeholders chave.

3. Avaliação da Infraestrutura de TI

a. Inspeção física dos data centers e hardware.

b. Análise de topologia de rede e conectividade.

c. Verificação de sistemas de backup e recuperação.

4. Análise de Segurança da Informação

a. Revisão de políticas e procedimentos de segurança.

b. Testes de vulnerabilidade e penetração.

c. Avaliação de compliance com normas de segurança.

5. Avaliação de Software e Aplicações

a. Revisão de código e arquitetura dos sistemas.

b. Testes de performance e escalabilidade.

c. Verificação de licenciamento e propriedade intelectual.

6. Avaliação de Governança e Compliance

a. Revisão de políticas de governança de TI.

b. Verificação de aderência a frameworks como ITIL e COBIT.

c. Avaliação de conformidade com regulamentações relevantes.

7. Análise Crítica e Comunicação – CODE Framework

a. Consolidação dos achados e análise crítica.

b. Desenvolvimento de recomendações e plano de ação.

c. Apresentação dos resultados ao cliente.

Esforço e Duração Estimados

O esforço e a duração dos trabalhos variam conforme o tamanho e a complexidade dos ativos tecnológicos, geralmente entre 4 a 8 semanas.

Indicadores

Os principais indicadores para monitorar o progresso da metodologia incluem:

  • Percentual de Inventário Coletado: quantidade de ativos documentados.
  • Número de Vulnerabilidades Identificadas: em sistemas e infraestrutura.
  • Conformidade com Normas: percentual de compliance atingido.
  • Qualidade dos Sistemas: medido através de testes de performance e código.
  • Aderência a Governança: nível de implementação de frameworks e políticas de TI.

Governança

A governança da metodologia será mantida através de:

  • Reuniões Semanais de Progresso: para acompanhamento e ajustes no plano de ação.
  • Relatórios Quinzenais: detalhando os achados e ações tomadas.
  • Comitê de Auditoria: composto por membros da EximiaCo e do cliente para validação dos resultados.

Conclusão e Fase-out

Os principais entregáveis da consultoria incluem:

  • Relatório de Due Diligence: documento detalhado com todas as análises e achados.
  • Plano de Ação: recomendações e ações propostas para mitigar riscos e melhorar a eficiência dos ativos tecnológicos.
  • Apresentação Executiva: sumário das principais conclusões e recomendações para a alta gestão.
  • Workshop de Encerramento: sessão para discussão dos resultados e próximos passos.

Gostaria de mais informações?

Se você tem interesse neste assunto ou gostaria de mais informações sobre como a EximiaCo pode ajudar a sua empresa a utilizar a tecnologia para gerar mais resultados, entre em contato conosco.

OFERTAS ASSOCIADAS

Confira as ofertas que utilizam esta metodologia:

Avaliação Tecnológica e Due Diligence

FRAMEWORKS UTILIZADOS

Confira os frameworks utilizados nesta metodologia:

ITIL V4

CODE

0
Gostaríamos de ouvir sua opinião!x

Tenho interesse em conversar

Se você está querendo gerar mais resultados através da tecnologia, preencha este formulário que um de nossos consultores entrará em contato com você:

Área de colaboradores

Esse ambiente é de acesso restrito à equipe de colaboradores da EximiaCo.

Trabalha na EximiaCo? Então conecte-se com sua conta: