Assessment de Arquitetura de Software

RESUMO

O Assessment de Arquitetura da EximiaCo é uma metodologia desenhada para avaliar e otimizar a arquitetura de software de tecnologia da informação. Essa abordagem visa explicitar visualmente a arquitetura atual, identificar pontos de atenção, oportunidades de melhoria e traçar um plano de evolução. O propósito principal é oferecer um diagnóstico claro e preciso da arquitetura existente, destacando problemas, riscos e oportunidades, para assim, desenvolver soluções estratégicas que estejam alinhadas com os objetivos de negócio do cliente.

Conhecimento

Antes de aplicar esta metodologia, é essencial possuir conhecimentos aprofundados em arquitetura de software, padrões arquiteturais, padrões de projeto, domain driven design, compreensão do modelo C4 do Simon Brown para representação da arquitetura, e familiaridade com conceitos como Architecture Decision Records (ADRs), Architecture Haiku e Paid Matrix. Ter habilidades de comunicação e liderança, experiência em extrair e interpretar as necessidades do negócio, conduzir interação com stakeholders técnicos e de negócio, além de um repertório amplo de conhecimento em componentes, frameworks, tecnologia e soluções relevantes para projetar arquiteturas de software.

Estrutura (Especialidades)

Para a condução eficaz desta metodologia, é necessário:

  • Do lado da EximiaCo:
    • Especialistas em Arquitetura;
  • Do lado do cliente:
    • Acesso aos repositórios de código ;
    • Colaboração do time técnico e stakeholders do negócio;
    • Disponibilidade de documentação técnica existente.
    • Acesso a ferramenta de ALM (Azure Devops, Jira…etc)

Método

Fase 1 – Preparação e Planejamento

Nessa fase inicial, é essencial alinhar expectativas, definir escopos claros e assegurar que todas as partes envolvidas tenham um entendimento comum dos objetivos, processos e resultados esperados. Esta etapa é essencial para o sucesso da metodologia, pois fornece a estrutura e os recursos necessários para sua execução eficaz.

Fase 2 – Execução Iterativa do CODE

O processo é iterativo, geralmente com ciclos quinzenais para cada bounded context, com esforço e duração variáveis dependendo da complexidade da arquitetura e dos requisitos específicos do cliente.

No assessment o diagnóstico é feito por amostragem, portanto não há previsão para uma análise exaustiva de todas as partes da aplicação, sendo priorizadas as partes mais sensíveis e com maior potencial para servir de referência para direcionar o trabalho nas outras partes.

  1. Levantamento e Visualização da Arquitetura:
    • Utilização do modelo C4 para mapear sistemas, aplicações, responsabilidades, relacionamentos e tecnologias.
  2. Identificação de Pain Points:
    • Evidenciação de problemas, riscos, e pontos de atenção na arquitetura atual.
  3. Diagnóstico Preliminar (Regra de 3):
    • Elaboração de um documento contendo 3 pontos de atenção, 3 oportunidades, e 3 recomendações práticas nas primeiras semanas.
  4. Desenvolvimento de uma Visão de Arquitetura:
    • Criação de uma visão concisa da arquitetura desejada com Architecture Haiku e desenhos da arquitetura to-be.

O prazo convencional recomendado é de 2 meses para o assessment, sendo fundamental que na primeira ou no máximo segunda semana se tenha um diagnóstico preliminar.

Fase 3 – Relatório Final de Assessment

Após a conclusão dos ciclos CODE, é necessário a consolidação e apresentação dos entregáveis finais. Estes documentos incluem todas as descobertas, análises e recomendações, funcionando como um plano de evolução da arquitetura com os documentos complementares necessários para ilustrar as recomendações.

Compõe os entregáveis finais:

  1. Detalhamento da Arquitetura:
    • Apresentação de diretrizes importantes, exemplos e desenhos detalhados para áreas críticas.
  2. Compilação de ADRs:
    • Documentação de decisões críticas de arquitetura.
  3. Plano de Ataque:
    • Proposição de um backlog arquitetural, matriz de prioridade e roadmap para implementação.

Indicadores

  • Cumprimento da entrega dos artefatos
  • Satisfação do cliente (NPS)
  • Cumprimento dos check-points de projeto

Governança

A metodologia prevê reuniões regulares entre a equipe da EximiaCo e os stakeholders do cliente para revisão do progresso, ajustes no plano de ação e garantia de alinhamento com os objetivos de negócio.

Conclusão e Fase-out

Os principais entregáveis incluem o documento de Regra de 3, Architecture Haiku, detalhamento da arquitetura com exemplos e desenhos, ADRs compiladas, e o plano de ataque finalizado. O rito de entrega envolve uma apresentação detalhada de todos os resultados, discussões para esclarecimento de dúvidas e transferência de conhecimento para a equipe do cliente.

Gostaria de mais informações?

Se você tem interesse neste assunto ou gostaria de mais informações sobre como a EximiaCo pode ajudar a sua empresa a utilizar a tecnologia para gerar mais resultados, entre em contato conosco.

OFERTAS ASSOCIADAS

Confira as ofertas que utilizam esta metodologia:

Consultoria em Arquitetura de Software

Assessment em Arquitetura de Software

0
Gostaríamos de ouvir sua opinião!x

Tenho interesse em conversar

Se você está querendo gerar mais resultados através da tecnologia, preencha este formulário que um de nossos consultores entrará em contato com você:

Área de colaboradores

Esse ambiente é de acesso restrito à equipe de colaboradores da EximiaCo.

Trabalha na EximiaCo? Então conecte-se com sua conta: